expo1.jpg

BANCO

O CONHECIMENTO COMO SUSTENTO DO HOMEM

O nome do banco é uma abreviatura para “o conhecimento como sustento do homem”. Os livros são de fundamental importância para o desenvolvimento da sociedade e para o crescimento intelectual do indivíduo. Por meio deles são registrados fatos importantes da história como descobertas, relatos, contos e reflexões que são passados para frente, de forma que o conhecimento está sempre em evolução e passando de geração para geração. O livro é e sempre será um vetor importante para o conhecimento. Através de leituras fazemos comparações e associações, as quais nos possibilitam evoluir e compreender melhor o mundo em que vivemos.

Foram feitos 5 protótipos até o lançamento da 1ª série. O assento é formado por dois livros que possuem suas páginas intercaladas 1 a 1. Não há cola unindo os volumes. A sustentação se dá pelo atrito entre cada página, o qual é potencializado pelo sistema de cabos de aço e esticadores tensionados. A força resultante do atrito do papel com papel é superior à força exercida pelo peso de uma pessoa sentada.

2013 Série I

2016 Série II

aço, couro, livros e cabos de aço

52 x 70 x 34 cm